Terça-feira, 10 de Abril de 2007
O AMOR

O AMOR NASCE DE UM BEIJO,

CRESCE COM UM SORRISO,

ALIMENTA-SE DE UM

CARINHO E RESSUSCITA

DE UM PERDÃO.


sinto-me: BEM
música: OS MEUS FANTASMAS - PEDRO ABRUNHOSA

publicado por joselessa às 14:20
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Sindarin a 10 de Abril de 2007 às 18:01
Olá amigo! E de um perdão precisamos todos para que possamos aprender e amar cada vez mais. Infelizmente ñ damos conta de que ao nosso lado alguém precisa tb de amor. Afinal há tantos k nunca o tiveram. Bonito frase esta sua sobre o amor. Boa semana. Um beijinho.


De TiBéu ( Isa) a 10 de Abril de 2007 às 19:15
Gostei muito, coloca mais. Bj


De joselessa a 10 de Abril de 2007 às 19:38
Olá Tibeu
Obrigado pelo carinho da tua visitã e das tua palavras.
Beijinho.
JL


De KRIS a 10 de Abril de 2007 às 21:36
agradeço imenso a sua visita ao meu blog pois é com muita estima que recebo todos os que tem um palavra amiga os seus blogs tb estão fantasticos e tem temas muito intersantes .


De joselessa a 10 de Abril de 2007 às 22:17
Boa Noite Kris.
Obrigado pela visita e pelo incentivo das tuas palavras.
Quando se transmite o que sentimos o resultado só pode ser positivo, mais ainda quando muito desse sentimento foi ou é vivido na primeira pessoa.
Aparece sempre que queiras eu vou voltar sempre que possa.
JL


De maripossa a 11 de Abril de 2007 às 00:14
Amigo José Lessa,lindo este poema,pois muitos precisam de um perdão um beijo e muito carinho.
Amigo beijinho de amizade
maripossa


De cindamoledo a 11 de Abril de 2007 às 17:46
Gostei muito da sua frase, não há nada como o amor e sobretudo saber perdoar.. muito obrigada pela frase, parabéns joselessa. Cumprimentos


De Praia da Claridade a 12 de Abril de 2007 às 22:07
Verdades do AMOR !...
Por vezes nem sempre corre bem, mas isso são outras histórias ....
Um Abraço, Amigo José Lessa !
Filipe


De Cöllyßry a 17 de Abril de 2007 às 01:55
Amor que trazes no peito, à nascença desperta, e cresce contigo...


De joselessa a 17 de Abril de 2007 às 17:57
O meu amor é grande e infindavél.
Amo tudo que mexe, seja gente rica ou pobre, seja branco ou preto, seja animal ou ave. Amo tudo e todos que me rodeiam e mesmo os que estando longe estão tam perto.
Naturalmente que amo e adoro quem me quer a seu lado, os meus filhos e os meus netos, mas tambem amo os sem abrigo, os que tem fome e os que tudo julgam ter e nada tem...
Obrigado a todos pela vossa simpatia e presença, são quase sempre os mesmos, mas não faz mal, são vocês me me dão coragem para desabafar e deixar que os meus sentimentos falem mais alto.
Um beijo grande e sejam felizes sempre.
JL


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

ADEUS SENHOR DOMINGOS

A TRISTE SINA DE SINISTRA...

NOITE SEM OLHOS

AMO DEMAIS

ESCUTA-ME

VAMOS AJUDAR O ALBINO...

NOVIDADES PARA VER NO POR...

LINGUAGEM PARLAMENTAR

NOVAS LEITURAS E TUDO O M...

A motivação de um líder

arquivos

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

favoritos

eu

Cancioneiro popular

ELEITO DO DIA

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds