Domingo, 18 de Janeiro de 2009
RUI SECA

Mais um amigo que parte.

Bom amigo e Médico exemplar, daqueles que tinha hora para entrar mas não para sair.

Trabalhei com ele, indirectamente claro, muitos anos, mais de 30, por isso não preciso de procurar muto no meu album de recordações.

O Hospital Geral de Santo António, ficou mais pobre e os seus doentes nunca o esqueceram

Nesta altura seria muito fácil encontrar muitas palavras bonitas para me despedir de ti Rui, mas tú não gostarias de ler, nunca foste dessas "merdices", par ti 2 e 2 eram 4...

Vou-te deixar um poema de Fernando Pessoa, sei que darás muito mais valôr a tudo o mais que eu aqui diga:

A morte é a curva da estrada.
Morrer é só não ser visto.
Se escuto, eu te oiço a passada
Existir como eu existo.

 

     A terra é feita de céu.
     A mentira não tem ninho.
     Nunca ninguém se perdeu.
     Tudo é verdade e caminho.

 

Adeus Rui, até um dia...



publicado por joselessa às 16:37
link do post | comentar | favorito
|

45 comentários:
De Iva Londreira a 24 de Janeiro de 2009 às 20:10
Como familiar de mais de um paciente do Dr. Rui Seca tenho uma imensa dívida para com ele! É uma daquelas pessoas que se acha vai estar sempre ali! E a verdade é esta: cada vez que olhar para esses familiares ele vai lá estar! Muito obrigada!!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Como familiar de mais de um paciente do Dr. Rui Seca tenho uma imensa dívida para com ele! É uma daquelas pessoas que se acha vai estar sempre ali! E a verdade é esta: cada vez que olhar para esses familiares ele vai lá estar! Muito obrigada!! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Iva</A>


De joselessa a 24 de Janeiro de 2009 às 20:54
Boa noite Iva Londreira.
Como familiar de um doente que passou pelas mãos do Rui comprendo o seu sentimento, oxalá o seu familiar se mantenha entre nós muitos anos.
O Rui deixou-nos mas trabalhava com uma equipa fantástica, ele tambem sabia escolher os seus colaboradores quem não se entrega-se á causa do doente tinha os dias dificeis...
Trabalhei com o Rui nas suas Urgências mas aqueles Médicos e Médicas trabalhavam até perto da uma hora da madrugada todos os dias, éra um autentico sacerdócio que infelismente não é acompanhado por muitos colegas de outras especialidades para quem o mais importante é o dinheiro.
Gostei que me tivesse escrito e faça-o sempre que desejar, pois considero-a uma amiga.
Cumprimentos,
José Lessa


De Joana a 3 de Fevereiro de 2009 às 04:01
Esta noite senti a minha vida fragilizada....soube da notícia simplesmente hoje. Sinto-me um corpo perdido sem o seu elo condutor...sou doente do Dr.Rui, chamo-me Joana e tenho simplesmente 23 anos...mas a minha vida a devo a ele...escrevo aqui esta noite para vos dizer que lhe agradeço por tudo o que sou hoje!! Sinto-me a prova viva da sua perfeição na medicina!
Ñ tenho mais palavras para dizer, simplesmente recordações que ninguém apagará!


De joselessa a 3 de Fevereiro de 2009 às 10:23
Bom dia Joana.
Antes de mais o meu obrigado pelo teu reconhecimento pela pessoa do Rui.
Foi e continua a ser um amigo que nunca se esquecerá.
Tu tens outros motivos que não sendo os melhores, serviu para veres o lado humano do Médico e do Homem, se não fosses doente nunca terias oportunidade de o conhecer...desejo que a tuia saúde fique bem, ele tambem tinha outra virtude, sabia escolher a equipa de trabalho e encontras concerteza um Médico da equipa dele que continuará a tratar-te, não te esqueças que onde ele esta te observa e encaminhará quem te for designado para continuar o trabalho que ele iniciou.
És uma menina e tens de ter fé no futuro, o Rui nõao morreu, partriu para outra vida onde se calhar tambem precisavam dele, é assim que eu quero pensar porque o Rui éra de outra dimenção.
Como soubeste da noticia?
E como encontraste o meu Blog?
Foi coincidência?
Da-me noticias tuas e da tua saude e não te esqueça que tudo que fizeres em prol da tua saude ele valorizará, era com essa intenção que ele te tratava e volto a repetir, ele vai estar sempre atento aos seus doentes, esteja onde estiver.
Um beijinho e fica bem,
José


De Joana a 4 de Fevereiro de 2009 às 14:16
Olá mais uma vez...
Obrigada pelas suas palavras de conforto...é uma boa maneira de encarar a morte, é verdade, embora para mim seja dificil partilhar da mesma opinião, aliás, é uma situação muito nova na minha vida, é um sentimento muito novo, frustante e angustiante (nunca tinha perdido alguém que me fosse tão próximo e querido) por isso todo este meu desconforto e desânimo!
Recebi a noticia por um amigo, mas de imediato recorri ha internet para procurar algo que comprovasse...encontrei entao o seu blog e juntamente a sua homenagem...
Muito obrigada novamente pelo apoio!
Joana


De joselessa a 4 de Fevereiro de 2009 às 17:00
Boa tarde Joana.
Não penses na morte do Rui mas sim que o Rui tem a partir de agora outra missão no Universo.
Tú minha amiga, tens 23 anos...tens muita vida pela frente e se o Rui foi para ti um modelo de Homem e de Médico só tens que lhe mostrar o teu carinho e que continues a reconhecer todo o trabalho que ele fez contigo.
Não interessa de que doença padecias, interessa sim que ele soube tratar de ti e tu lhe estás reconhecida por isso, na minha opinião só tens que lhe agradecer fazendo com que ele se sinta bem com o trabalho que realizou contigo e com muitas doentes como tu.
Não julgues que é fácil perder um amigo com quemse trabalhou anos e anos com quem se falou de tudo com quem se esteve em desacordo algumas vezes, mas foi essa vi^vência que fortaleceu a nossa amizade, eu tambem perdi um amigo que muito estimava, eu trabalhei na Urgência mais de 30 anos, eu diria que vi o Rui crescer...mas para mim o Rui estará sempre connosco não de uma forma material mas de outra onde provavelmente será muito mais feliz.
Fica bem e sempre que queiras fala comigo, eu podia ser teu Pai mas prefiro que me consideres amigo, porque os amigos dos meus amigos meus amigos são.
Um beijinho e pensa no que te digo, não te quero modar o pensamento apenas que possas refletir no que te digo, oa anos de vida que te levo da-me alguma sabedoria e gostava que medita-ses nas minhas palavras, acredita que o Rui ficará muito mais feliz.


De maria a 6 de Fevereiro de 2009 às 12:18
Sou aluna do ICBAS, estou no 5º ano e o Dr Rui foi meu professor de Semiologia no 3º ano, uma das disciplinas mais difíceis. Mas ele tornava tudo mais simples, fazia-nos raciocinar, sem entrar em muitas divagações, como você diz e muito bem, 2 e 2 eram 4...
A avaliação prática de Semiologia consistia em colher uma história clínica completa, redigi-la e apresentá-la a 2 professores. Tive de apresentá-la ao Dr Seca e a um interno que trabalhava com ele. É impressionante como, em pouco mais de meia hora em que estive com eles, o Dr Seca descobriu em mim potencialidades e dirigiu-me tão belas e motivadoras palavras que nunca nenhum professor, em 5 anos de curso, me dirigiu. E sempre que passava por ele no HGSA, não podia evitar um enorme sorriso ao cumprimentá-lo :) Era, como eu e os meus colegas gostávamos de lhe chamar, o Deus da Semiologia. Sem dúvia um grande médico, um grande professor e um grande homem.


De joselessa a 6 de Fevereiro de 2009 às 13:59
Boa tarde Maria.
Provavélmente Drª Maria''''
Mas bebendo tu, da água que o Rui te "deu" a beber ligarás pouco a este pormenor.
Como amigo do Rui durante tantos anos, (eu não éra um intimo amigo, mas ele não tinha muitos amigos intimos) éra franco e aberto com todos mas as intimidades não eram o seu forte, mas dizia eu que como amigo que com ele trabalhei bastante, principalmente em termos de planeamento das Urgências, entendo na perfeição o que dizes e relatas, o Rui não deixou ninguem parececido com ele, ele não era a organização em pessoa mas era organizado a sua maneira e o elogio que lhe fzes, acanta-he como uma luva.
O teu reconhecimento, dignifica-te, não devemos esquecer os mestres principalmente aqueles que nos deixaram marcas para o futuro.
Não dúvido que vais ser uma excelente Profissional, oxalá um dia que eu precise de um Médico me calhes tu atender-me porque sei que a tua formação na Medicina foi bem orientada, por isso só podes vir a ser uma excelente Profissional.
Que Deus te ajude a progredir sempre e a teres sempre a recordação de alguem que estou certo te marcou para a vida.
MUITAS FELICIDADES.

José Lessa


De maria a 6 de Fevereiro de 2009 às 14:45
Caro José, ainda estou no 5º ano e, mesmo que já tivesse acabado o curso, não queria que me chamasse Dra ;)
Muito obrigada pelas suas palavras.
Tal como referiu, a nossa formação foi bem orientada e pode ter a certeza que nunca me esquecerei das suas palavras nem dos seus ensinamentos.
Também lhe desejo muitas felicidades e lamento bastante a sua perda, porque se as pessoas que aqui comentam perderam um médico ou um professor, você, mais do que tudo, perdeu um grande amigo...
Agora vou estudar, que estou em época de exames, e, se quero ser uma boa médica, tenho que fazer por isso ;)


De joselessa a 6 de Fevereiro de 2009 às 17:16
Maria
Renovo tudo o que te disse,
Vais ser o que desejas porque esse é o caminho que te está traçado.
Não perdi o Rui porque ele continua entre nós, partiu para outra missão mas a sua memória será imortal.
Ele foi aquele anjo que veio a terra, cumpriu a sua missão e partiu para outra missão.
Que Deus te ajude e te inspire e parabens aos teus Pais pela filha que têm.
José Lessa


De Serafim Neves a 16 de Junho de 2009 às 14:25
Parabéns pelo seu blog, e muito obrigado pela forma como o apresenta. A abrangência dos temas nos seus conteúdos é digna de louvor. Sou transplantado hepático (08/2000 - HGSA ), e desde então conheci o Dr. Rui Seca. Só em Abril passado, ao fazer a consulta de rotina, (marcada pelo ilustre e admirável Dr. ), tomei conhecimento da sua partida deste mundo. A noticia deixou-me incrédulo e de lágrimas nos olhos. A sua secretária e confidente, (Menina Albina ), (outra imensidão de simpatia), ao dar -me a triste notícia da nossa perda, chorava. Depois de ser consultado pelo médico que o substituíra , regressei a casa cabisbaixo e mudo, pois faltava-me o ânimo habitual após as consultas. Não que tivesse sido mal atendido pelo Médico substituto, Dr. José Luís ...), mas porque perdera o amigo que me tratava, aconselhava, e se prestava a tudo o que estivesse ao seu alcance , para que eu tivesse uma vida normal, como se não fosse transplantado. Desde esse dia, remoía o meu pensamento na forma como eternizar a sua imagem e testemunho de vida. Será que um busto em sua memória, faria justiça ao seu nome? pensava eu. Como eu, certamente se sentirão todos os transplantados hepáticos e seus familiares, por isso deixei para a data da consulta seguinte, pedir opinião à secretária, Menina Albina, (Menina Bina ). A consulta seguinte foi ontem, 15/06/2009, e tomei conhecimento que, como eu, ou mais que eu, outros transplantados sentindo a dor da perda de tão precioso bem , já tomaram e executaram medidas para homenagear tão digno amigo. Ninguém como a Menina Bina , para informar dessas ocorrências. Os interessados nas homenagens que foram e serão feitas ao Dr. RUI SECA devem-na consultar. Também como eu, muitos transplantados, amigos, colegas, alunos e outros, porventura não acompanham o evoluir diário destas homenagens, seja porque vivem longe do hospital, porque o trabalho lhes ocupa todo o tempo, porque têm consultas muito espaçadas, ou não têm Internet, ou outra razão qualquer, muitos, senão todos, gostariam de participar nessas homenagens mas não têm conhecimento das suas ocorrências. E foi assim. Desejoso de saber o que se passa e se diz por aí do nosso querido amigo, depois duma conversa com a Menina Bina , (após a consulta de ontem), hoje decidi fazer pesquisa na Net sobre "Dr. rui seca", e o que encontrei em 1.º lugar foi: Blog de Janeiro de José Lessa , que ao ser amigo do Dr. Rui Seca, é meu amigo também. Depois de consultar alguns dos seus blogs , vi que têm de "tudo", daí os meus parabéns.
Bem haja e o meu muito obrigado.
Serafim Neves


De joselessa a 16 de Junho de 2009 às 23:45
Amigo Serafim das Neves.
Obrigado por me considerar seu amigo, tambem eu sinto a amizade de muitos amigos do Rui e você é um caso sério de admiração e estima por um amigo como era o Rui.
Como eu entendo as suas palavras, muitos de nós julgam que só consideramos os amigos quando eles nos fogem, não é verdade, tudo o que se diga do Rui será sempre pouco para o defenir-mos como Homem, Médico e ser Humano.
Provavelmente conheço a Menina Bina, eu estive ligado ao Santo Antonio, mais de 40 anos, a maior parte deles no Serviço de Urgência, aposentei-me em 2001 e a minha vida profissional continuou fora do Santo António mas devo conhecer a menina bina e ela a mim, seja como fôr tudo o que se faça em Homenegem ao Dr. Rui Seca será sempre pouco comparado como o que ele deu à Instituição e muito mais aos seus doentes, mas o Rui não deveria crer nada do que pensam fazer porque éra um Homem que viveu para dar e não para receber, eu vi o Dr. Rui a sair do Hospital muitas vezes depois das duas da manhã e no dia seguinte lá estava sempre antes dos restantes colegas...
Você conheceu.o como eu mas infelismente em piores circunstancias, você e todos os seus doentes eram uns HEROIS, porque ele sabia que vocês sofriam e ele apenas tinha o dão da palavra para atenuar muitas das vezes o vosso sofrimento.
Você e tantos outros doentes é que são os Herois o Rui nunca aceitaria uma homenagem porque sempre foi um Homem simples e mais ainda depois de vestir a bata.
Estarei mesmo assim na primeira linha dos que estiveram interessados em lhe prestar essa homenagem porque ela será a forma que vocês encontram para lhe dizer obrigado.
E obrigado digo eu pela seu reconhecimento á minha escrita e hoje você fez-me chorar com as suas palavras porque de repente me fez recordar alguem que eu estimarei até ao dia de partir deste Mundo em que o que conta é a ganancia e despotismo.
Que a sua vida esteja bem e a sua saúde tambem e sempre que queira pode contar comigo, para tal, deixo-lhe o meu E-mail - josemarialessa88@gmail.com


De Sandra Rocha a 23 de Julho de 2009 às 11:54
Só ontem, quando me desloquei a uma consulta de rotina, tomei conhecimento desta triste noticia, o falecimento do Dr. rui Seca. Decidi entao deixar estas palavras:
Dr. Rui Seca foi um exemplo de vida para os que com ele conviveram; o tempo nos mostrou as marcas e ensinamentos que ele nos deixou, reforçando a certeza de sua importância em todas as suas características.

Um exemplo, principalmente, de iniciativa e coragem, sempre lutando pelos seus Doentes!
Rui Seca jamais perdeu a alegria de viver, jamais se deixou abater pelas intempéries que precisou enfrentar, galgou com resiliência cada degrau que a vida lhe apresentou.

Assim, hoje, precisávamos compartilhar essa homenagem com os familiares, amigos, que assim como nós, sentem muitas saudades de sua presença marcante. O afecto/amizade que sentimos vibra em nossos corações, e o nosso Dr. sorridente vive carinhosamente em nossas lembranças.
Que cada um de vocês também possa reservar um minuto de oração em homenagem ao nosso sempre amigo, Dr. Rui Seca.

Bem haja!


De joselessa a 23 de Julho de 2009 às 18:54
Boa tarde Sandra Rocha.
Passam os dias e meses e a lembrança do Rui não nos deixa, se por um lado dói, por outro é sinal que temos orgulho no Médico, no amigo e no Homem que nos deixou, todos temos o nosso dia marcado mas custa ver partir quem connosco privou tantos dias, meses e no meu caso, anos.
Nós sentimos que pessoas como o Rui, deviam ser eternas, mas esta vida terrena é uma passagem e o que dizemos hoje do Rui ele disse muitas vezes, quando chegou de manhã e viu que mais um doente tinha partido ou mesmo um familiar seu...
Nunca mais esqueço a morte do Pai do Rui, um Senhor já de idade avançada que um dia prestes a partir ainda tivemos tempo de lhe fazer a última vontade, leva-lo para a sua terra em Valpaços, a pedido do Rui, tratei de tudo e o seu Pai descansa em paz à muitos anos em Valpaços, foi ai que a minha amizade com o Rui se fortificou já que ele não era de muitas amizades e sorrisos para os amigos e conhecidos, era sim para os seus doentes a esses ele não escondia todo o amor que tinha por eles e a Sandra sabe do que falo.
Não posso, ainda hoje deixar escapar uma lágrima quando se fala no assunto, mas eu sou um "chorão" invertebrado...
Aceite a minha amizade eterna e pode ser que um dia a gente se veja por ai.
Fique com um grande abraço e sempre que queira escreva, escreva o que lhe vai na alma e nunca se esqueça de que o Rui um dia lhe deu conselhos, não esqueça principalmente os conselhos que ele lhe deu.
José Maria Lessa


De Ana Martins a 16 de Dezembro de 2009 às 03:28
Boa noite,

Eu sou filha do Dr. Rui Seca...
Antes de mais quero agradecer as palavras tão sentidas que aqui são escritas...
Por um lado é tão bom ler estas palavras e por outro é tão mau, pois perdi um dos alicerces da minha vida... o Rui... o meu pai...
O Rui criou-me, educou-me, deu-me valores e princípios . ele fez de mim o que sou hoje...
Sempre que precisei, em todos os momentos da minha vida, ele esteve " lá"... e continua a estar, porque acredito que esteja onde ele estiver está a olhar por mim, pelos meus irmãos e pela minha mãe...
O Rui para além de ser uma pessoa extraordinária à sua maneira era um médico de coração... O meu pai amava o que fazia e tratava todos os seus doentes com um carinho impressionável .. uma dedicação e um gosto indescritível .
Que Ele nos continue a dar forças para continuar em frente e a sorrir, sempre que a vontade não exista!
A nossa casa ficou mais vazia... falta a presença do Rui, pois lembranças temos muitas...

Um beijinho,
Ana Martins


De jose lessa a 16 de Dezembro de 2009 às 09:33
Minha querida Ana Martins.
Algo me fez vir aqui logo de manhã.
Fico sem palavras para te falar do teu Pai, afinal tu conhece-lo melhor que eu, não é?
Mas a prespectiva do amigo e do doente é diferente da Familia e isso está transcrito nos comentários ao meu Blog.
Não posso dizer que fosse um grande amigo do teu Pai, mas considero que temos uma relação de trabalho e de opinioões muito próximas.
Ganhei a estima e admiração do teu Pai quando o teu Avô faleceu e foi preciso arranjar maneira de o transportar para Valpaços, Ele não tinha cabeça para aquelas burocracias e eu resolvi tudo sem qualquer problema, a partir dai o Rui e eu passamos a ter outra relação, sempre com respeito mutuo mas de muita próximidade.
Nas suas Urgências que tembem eram minhas, falavamos muito principalmente de trabalho, e eu sei que ele foi sempre um mal amado, valeu-lhe a competência e isso é a melhor arma com que se pode enfrentar os fracos e incopetentes.
Muito obrigado por me escreveres e sempre que queiras podes faze-lo de uma forma mais pessoal para o meu E-mail - josemarialessa88@gamail.com.
Votos de um Santo Natal na medida do possivél, mas como tu dizes o teu Pai continua connosco, pelo menos nos nossos corações.
Que Deus te dê o brilhantismo e inteligência do Teu Pai, que honrres sempre a sua memória porque Ele merece.
Um beijinho grande do sempre amigo,
José Maria Lessa


De Serafim Neves a 16 de Dezembro de 2009 às 17:11
Olá meu amigo Dr. José Lessa !
Tenho andado um pouco desligado da Internet, mas quando o faço, procuro ver o que o meu amigo tem lançado no seu blog.
Foi assim que tomei conhecimento do comentário de Ana Martins, (filha do nosso querido AMIGO Dr. Rui SECA), a quem através do seu blog, envio os mais sentidos pêsames e votos de confiança pela vida fora, pois seu PAI velará por ela e seus irmãos, assim como velou por todos nós transplantados.
Meu amigo, como não vi referencia à data do 1.º aniversário da partida do Dr. RUI, permiti-me comunicar-lhe que se vai realizar por Alma do nosso AMIGO, uma missa no próximo dia 14 de Janeiro, às 11 horas, na capela do Hospital Santo António. Certamente lá estarão muitos dos seus doentes, exprimindo a saudade que lhes vai no coração.
Sabe sempre bem falar-mos e lembrar-mos os amigos, que partiram mas ficaram no nosso coração.
É como se estivesse pessoalmente a partilhar da nossa conversa. Sabemos que partiu, nos entanto sentimos a sua presença. É uma agradável sensação, depois de um terrível pesadelo.
Com isto me despeço.
Os meus melhores cumprimentos.
Serafim Neves


De joselessa a 16 de Dezembro de 2009 às 18:26
Olá meu amigo Dr. José Lessa!
Tenho andado um pouco desligado da Internet, mas quando o faço, procuro ver o que o meu amigo tem lançado no seu blog.
Foi assim que tomei conhecimento do comentário de Ana Martins, (filha do nosso querido AMIGO Dr. Rui SECA), a quem através do seu blog, envio os mais sentidos pêsames e votos de confiança pela vida fora, pois seu PAI velará por ela e seus irmãos, assim como velou por todos nós transplantados.
Meu amigo, como não vi referencia à data do 1.º aniversário da partida do Dr. RUI, permiti-me comunicar-lhe que se vai realizar por Alma do nosso AMIGO, uma missa no próximo dia 14 de Janeiro, às 11 horas, na capela do Hospital Santo António. Certamente lá estarão muitos dos seus doentes, exprimindo a saudade que lhes vai no coração.
Sabe sempre bem falar-mos e lembrar-mos os amigos, que partiram mas ficaram no nosso coração.
É como se estivesse pessoalmente a partilhar da nossa conversa. Sabemos que partiu, nos entanto sentimos a sua presença. É uma agradável sensação, depois de um terrível pesadelo.
Com isto me despeço.
Os meus melhores cumprimentos.
Serafim Neves


De joselessa a 26 de Dezembro de 2009 às 23:03
a vida jaz com um suspiro da morte
o lascivo gosto do rancor abstrato
em brumas noturnas festejas
displicente ao próprio ato.

os corpos tombam aos milhares
onde se refestelam os vermes da terra
sangue, carne e ossos em bandejas fúnebres
banquete mórbido da matéria que se esfacela.

um agônico suspiro precede o fim da vozes
cerram-se os olhos dando adeus à sorte
ecoando à sua volta trombetas nefastas;

veloz corcel negro, gélido vento do norte.
furtiva, aproximas indiferente aos prantos.
tristeza dos que ficam, alívio pra quem parte.



De joselessa a 13 de Janeiro de 2010 às 16:50
Um ano passou e a memória não apaga, todos os outros passados.
Porque não tenho palavras, refugio-me, nesta quadra de S.Francisco de Assis, para te recordar, amigo Rui e para que saibas que os teus Familiares, e amigos não te esqueceram, porque tu não és pessoa que possamos esquecer.


Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinhos,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis


De amiga a 15 de Junho de 2010 às 19:41
Fez ontem, 14 de Junho 17 meses que partiste. Tenho necessidade de falar contigo, de dizer-te o que sinto, como se ainda não tivesses partido
Para ti, Rui
Gosto das pessoas simples da vida.
Gosto das pessoas que assobiam nas ruas, que passeiam nas praças, das que cantam baixinho nas esquinas, das que andam descontraidamente, dos que trabalham a terra, dos que se sentam nos cafés…
Gosto daqueles que ainda nos fazem sentir alegria no olhar e calma por entre as expressões e os sulcos do seu rosto.
Gosto daqueles a quem a vida torturou em dores e sofrimentos, dos que aprenderam a viver com poucos meios e que para poderem crescer tiveram de treinar a sua vontade e a ousadia de quererem chegar.
Gosto daqueles que aprenderam a sorrir como arma para todas as pedras que a vida arremessa. Gosto daqueles de humor simples, de sorriso fácil, de olhar cintilante…gosto dos de palavras humildes mas sábias e de uma ternura natural, tão natural como a vida que aprenderam a amar.
Gosto dos que gostam de ser como são, dos artistas da vida, de uma arte feita de gestos em vez de palavras, fantasia em vez de monotonia e de criatividade em vez de comodismo.
Gosto dos que são diferentes por convicção, dos que vêem o céu além das nuvens, dos que acendem estrelas na escuridão, dos que dão a mão quando o mundo vira as costas. Gosto dos que nos emprestam um sorriso quando perdemos o nosso e nos ajudam com o fardo quando este nos magoa as costas e o coração.
Gosto dos que nos olham fundo dos olhos e nos vêem a alma, dos que compreendem, dos que nos aceitam, dos que não julgam, dos que são amigos e dos que nos fazem sonhar.
Gosto dos que aprenderam a dar às mãos cheias o pouco e o nada que tem. Gosto daqueles que abrem as portas da sua casa e nos sentam a mesa, dos que acolhem, dos que nos aconchegam. Gosto daqueles que nos tratam pelo nome, dos que são familiares e dos que sabem estar presentes.
Gosto dos de coração humilde, gosto dos que escutam, dos que falam, gosto dos que ajudam, dos generosos, dos mansos, dos pequenos. Gosto dos que aprenderam a saber calar as palavras para deixar falar o coração. Gosto dos que sabem colocar o coração nas palavras.
Gosto de gente que sabe ser gente. Gente verdadeira e genuína. Pessoas que sabem valorizar outras pessoas. Seres humanos que se sentem unidos numa causa comum: a busca da felicidade, que passa apenas por tentar fazer os outros felizes.
Gosto de quem aprendeu a amar, gosto de quem ama. Gosto de quem nos ensina amar.

Obrigada


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

ADEUS SENHOR DOMINGOS

A TRISTE SINA DE SINISTRA...

NOITE SEM OLHOS

AMO DEMAIS

ESCUTA-ME

VAMOS AJUDAR O ALBINO...

NOVIDADES PARA VER NO POR...

LINGUAGEM PARLAMENTAR

NOVAS LEITURAS E TUDO O M...

A motivação de um líder

arquivos

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

favoritos

eu

Cancioneiro popular

ELEITO DO DIA

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds