Sábado, 29 de Dezembro de 2007
ANO NOVO

Ano novo...vida velha.

 

Os acidentes nas estradas portuguesas e consequentemente as vidas perdidas, por excessos de velocidade e alcool.

O desemprego que todos os dias é anúnciado, são ás centenas os casos e no inicio de cada ano mais meia dúzia de patrões que não vão abrir as portas.

O aumento dos bens essenciais, e a consequente falta de dinheiro de muitas familias para comprar pão e leite para os seus filhos.

A falta de amor dos mais novos para os seus familiares mais idosos.

As crianças abandonadas em instituições que cada vêz mais não cuida atempadamente das adopções.

Os animais abandonados sempre e cada vêz mais nas ruas deste Pais.

O desgoverno de um Governo mais preocupado em reduções na Saúde.

O desgoverno de um Governo que teima em não cumprir promessas eleitorais, preparando o pagamento de mais portagens.

O aumento da riqueza dos mais ricos e o consequente empobrecimento dos mais pobres, que em muitas situações já é de miséria.

Para onde caminha o meu País?

Estamos mais perto do abismo do que da recuperação económica e ninguem decide intervir.

Não é Senhor Presidente da Répública?

 

 



publicado por joselessa às 12:34
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Sábado, 22 de Dezembro de 2007
É NATAL

 

 

É Natal e por esse Mundo fora

Quantos corações sem esperança

Quantas lágrimas rolando

Num rosto de criança

 

Quantas crianças descalças,

Rotas, Magras e com fome,

apelando para o Mundo

Na rua estende a mão.

 

Ah se eu tivesse  poder

Bem mais que um simples ser,

Não haveria no Mundo

Uma criança a sofrer

 

Por isso meu bom Jesus

Quando o sino badalar

Vou fazer uma oração

E a tua imagem adorar.

 

Pedirei Paz para o Mundo

Muito amor para os pequeninos

Alegria para os que choram

E pão para os pobrezinhos

 

E ajudando os que sofrem

A cada um darei a mão

Passaremos o Natal

Com mais Paz no coração.



publicado por joselessa às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007
LONGE DE TI

Longe de ti são ermos os caminhos,

Longe de ti não há luas nem rosas;

Longe de ti há noites silenciosas,

Há dias sem calôr, beirais sem ninhos.

Florbela espanca


publicado por joselessa às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007
AS CHUVAS DOS OLHOS

"CHOVE.

NA FONTE DAS ÁGUAS, CHOVE.

NA FRONTE DAS LÁGRIMAS DO PRETÉRITO CALADO.

LAVANDO A CHUVA DOS OLHOS CANSADOS.

CHOVENDO NOS MARES, NOS MARES AMADOS."



publicado por joselessa às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

ADEUS SENHOR DOMINGOS

A TRISTE SINA DE SINISTRA...

NOITE SEM OLHOS

AMO DEMAIS

ESCUTA-ME

VAMOS AJUDAR O ALBINO...

NOVIDADES PARA VER NO POR...

LINGUAGEM PARLAMENTAR

NOVAS LEITURAS E TUDO O M...

A motivação de um líder

arquivos

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

favoritos

eu

Cancioneiro popular

ELEITO DO DIA

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds