Sábado, 13 de Outubro de 2007
HASTA SIEMPRE COMANDANTE CHE GUEVARA
Teria os meus 17 anos e vi exposto um quadro de Che Guevara entre muitos, entrei e comprei.
Nunca tinha ouvido falar de Che e muito menos conhecia a sua história, não podemos esquecer que estavamos em plena ditadura e ainda hoje não entendo como se permitia ter exposta uma foto sua.
Nunca fui dado a ter recortes de jornais ou revistas no meu quarto mas exceptuando fotos de familia foi o unico quadro com a foto de um desconhecido que pendurei na parede.
Tantas vezes a minha Mãe me perguntou de quem se tratava aquele quadro que um dia perguntei a um visinho que me contou a sua vida.
Na idade da irreverencia, a figura de Che ficou para sempre como uma marca, tanta mais que nunca soube explicar porque me fascinou aquela imagem, talvez o seu olhar triste?
Não sei, sei apenas que com os anos aprendi a respeitar cada vez mais o seu nome.
Vem esta história a prepósito do aniversário da sua morte (execução) no passado dia 09 de Outubro.
Tinha então 39 anos, lutava e fazia a divulgação dos ideais da revoluçãoCubana pelo Mundo.
Braço direito de Fidel Castro, foi um dos principais dirigentes do novo estado Cubano, desde Embaixador  a Ministro.
Nasceu na Argentina a 14 de Junho de 1928, formou-se em Medicina, chamado a fazer o Serviço Militar, foi recusado por inaptidão fisica, participou nas lutas da oposição a Juan Domingos Peron sempre contra o Imperialismo Americano.
Em 1954, conheceu Raul Castro no México e tambem Fidel de Castro que liderava o movimento guerrilheiro 126, acabando por integrar um grupo de 82 homens que partiram para Cuba em 1956 e dos quais apenas regressaram 12.
Algumas das alcunhas com que foi apelidado.
"FUSER" - Quando jogador de Reguebi.
"EL FURIBUNDO" - Pelo seu estilo agressivo.
"SERNA" - Assim era tratado pelos companheiros da guerrilha.
"EL CHAUCHO" O porco, pela sua aversão a tomar banho.
 

 

Nota - Extrato de um trabalho publicado na revista FLASH desta semana

 



publicado por joselessa às 14:24
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De cindamoledo a 15 de Outubro de 2007 às 15:30
Che Guevara era o ídolo de muita gente naquela época, mas ainda hoje vejo camisolas com a sua foto. Nunca tive, não sei porquê? Abraço cinda


De portugueses88 a 10 de Dezembro de 2007 às 11:31
www.portugueses88.blogs.sapo.pt


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

ADEUS SENHOR DOMINGOS

A TRISTE SINA DE SINISTRA...

NOITE SEM OLHOS

AMO DEMAIS

ESCUTA-ME

VAMOS AJUDAR O ALBINO...

NOVIDADES PARA VER NO POR...

LINGUAGEM PARLAMENTAR

NOVAS LEITURAS E TUDO O M...

A motivação de um líder

arquivos

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

favoritos

eu

Cancioneiro popular

ELEITO DO DIA

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds